Translate

quinta-feira, 27 de outubro de 2011

CLODOVIL, VESTIDO DE NOIVA.


Clodovil em seu atelier no ano de 1966, já comparado a Dener, tornando-se seu rival.



Além do mesmo nome de uma peça teatral de Nelson Rodrigues, o vestido de noiva era e é considerado o mais importante vestido na vida de uma mulher. O seu atestado de virtude e pureza perante o futuro esposo e toda a sociedade. A entrada da mulher para a fase adulta e sexual de sua vida. Trajando o seu vestido de noiva, a mulher assumia perante o altar as responsabilidades de esposa e futura mãe de família. Durante anos e anos não houve sequer uma só semana em que não houvesse uma celebração matrimonial, e utilizo o termo semana ao invés de dia no meu dizer para não correr o risco de errar em minha dedução, pois não posso saber não ter havido alguém corajoso ou muito apaixonado que tenha se casado em dia de finados. E durante anos e anos, principalmene entre os anos finais da década de 60 e toda a década de 70, não houve uma semana em que uma noiva não adentrasse uma igreja portando um Clodovil para pronunciar o seu sim à instituição matrimonial, à igreja, à sociedade, à família e a sí própria. O vestido de noiva foi uma das principais fontes de renda do atelier de alta costura de Clodovil e de outros costureiros. Dependendo das exigências, tanto da noiva quanto do estilista, as vezes da mãe da noiva, o traje de noiva é o mais caro que se encomende a um atelier de alta costura durante toda a vida de uma mulher. Considerando as proporções do vestido de sonhos da noiva, as vezes bem volumoso, com fartas saias, cauda extensa e véu comprido proporcionalmente às esperanças da noiva, um vestido corresponde até mais de 50% de todo o orçamento da festa de casamento. Mas é o grande dia da noiva, seu dia de rainha, seu dia de princesa, e assim se procede o ritual até os dias de hoje. Em fins dos anos 60 Clodovil contava que muitas jovens o procuravam na época que iam se casar. Faziam o vestido e nunca mais voltavam. " Mas eu entendo disso, dizia ele, começo de vida nem sempre é fácil para se comprar coleções de costureiros". Comprovando assim ser o vestido de noiva a razão econômica da alta costura no Brasil.




Danian.

10 comentários:

Anônimo disse...

Oi Danian...

Tempo q ñ comento aqui...mas nos "cutucamos" lá no facebook né kerido...rs

Será q ainda existe algum desses vestidos de noiva? Não me lembro de ter visto algum naquela exposição de Brasília?

Quem casou com um vestido de Clodovil, casou, quem não casou,não casa mais...

Bjs

Maria Viana

clodovilmemoriabrasil disse...

Kerida Maria, certamente há muitas coisas de Clodovil guardadas, soube recentemente de uma filha que se casou com o mesmo vestido de Clodovil que a mãe usou no seu casamento. Havia um vestido de noiva na exposição de Brasília, a noiva espanhola, numa das minhas postagens anteriores, há uma foto desse vestido. bjs.

Pink Crooner disse...

linda foto!! eu guardei o da minha mãe, vou usar quando ficar louco, e descer a av. atlântica. O noivo de Copacabana.

clodovilmemoriabrasil disse...

Pink Crooner guardou o vestido da mãe? Não é preciso enlouquecer para usá-lo. A não ser que seja uma loucura de amor. Mas antes de usá-lo deverá tingi-lo com a cor de Pink.

Daniella disse...

Caros, tenho dois vestidos do Clodovil. São dos anos 70. Quero vendê-los. Alguém tem ideia de como faço? Obrigada

clodovilmemoriabrasil disse...

Cara Daniella Borges,

Seja bem vinda, o assunto é bem interessante e requer maiores contatos. O meu email é: daniandare@gmail.com.
Aguardo por um contato seu para um melhor entedendimento. Obrigado,

Danian.

Daniella disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Daniella disse...

Oi Danian, eu coloquei os vestidos no brechó da minha amiga, mas acho que ela não tem público para isso...Ainda não obtive resposta sua. Beijos

TheGabri345 disse...

Olá Moro em Curitiba e possuo um tesouro em mãos um belo vestido de noiva criado e assinado pelo gênio Clodovil uma peça belissíma que gostaria de achar alguém interresada em usar uma peça legítima do mestre,aceito propostas,pois temo que esta peça rara venha estragar pelo tempo que guardo.

Danian Dare disse...

TheGrabi345, recebi o seu comentário, porém, nesses casos, prefiro responder através de email. Entre em meu email: daniandare@gmail.com, assim poderemos falar melhor e se tiver imagens, envie junto para uma melhor avaliação.