Translate

terça-feira, 18 de março de 2014


Jane Fonda é incontestavelmente uma
estrela de primeira grandeza de Hollywood.
Seu brilho ainda persiste após ter abando-
nado o cinema há décadas. Porém ela está
sempre presente em eventos nos meios artís-
ticos por representar uma personalidade re-
levante ao mundo cinematográfico. Em época 
do Oscar, Jane Fonda, ela mesma, detentora
de duas estatuetas de melhor atriz, se faz pre-
sente em algumas festas que ocorrem em
 Los Angeles, a cidade do cinema.
Em alguns desses eventos, Jane Fonda, optou 
por usar, dentre uma variedade de vestidos 
de diversos estilistas, um vestido simples para os
 padrões do famoso e concorrido "Red Carpet". 
O modelo escolhido nos remete a um
 robe de chambre.
O vestido escolhido é obra do estilista inglês...
O modelo do estilista Nicholas Oakwell, na sua versão
original, traz uma gola de pele. Jane Fonda optou por
remover a pele da gola, talvez por razões politicamente
corretas ou pelo clima de Los Angeles.
Porém, o vestido na sua versão original, remeteu-me a lem-
brança de um vestido criado por Clodovil Hernandes
 no ano de 1972, exibido acima por Elke Maravilha.
Há várias similaridades entre ambos os modelos:
a modelagem "robe de Chambre", a gola em pele,
a cor clara salpicada de brilhos.
Podem afirmar que eu esteja forçando a barra em
favor de Clodovil por sustentar tal comparação.
Talvez eu esteja mesmo, porém afirmo que se estou,
estou só um pouquinho. Portanto, creio eu que não
seria demais de minha parte afirmar que "Jane Fonda"
vestiria um Clodovil.
E o vestiu através dessa minha montagem.

Um comentário:

Claudia Gaiser disse...

Danian, querido:Jane Fonda, sempre é uma estrela... Adorei seu comentário, sempre oportuno!!! <3 Claudia.