Translate

segunda-feira, 20 de fevereiro de 2012

CARNAVAL CLÔ, Ô Ô Ô Ô Ô Ô...










OLHA LÁ O CLÔ, Ô Ô Ô Ô Ô Ô
MAS QUE AMOR, Ô Ô Ô Ô Ô Ô...




Assim seria uma adaptação da marchinha de Haroldo Lobo para homenagear Clodovil nesse carnaval. Como figuras públicas, artísticas e políticas sempre inspiraram o imaginário popular, e tendo sido, Clodovil, um resumo além delas, eis, aqui, uma personalidade própria a inspirar marchinhas populares. Para quem cantou, dançou e brincou perante toda uma nação, ninguém mais com um espírito carnavalesco que Clodovil Hernandes. Deveria-se usar o seu nome e imagem em marchas carnavalescas com um leve tom de deboche,algo tão característico da personalidade de Clodovil. E assim então: Olha lá o Clô, ô ô ô ô...




Allah-la-ô (marcha/carnaval) Haroldo Lobo

Allah-la-ô, ô ô ô ô ô ô Mas que calor, ô ô ô ô ô ô Atravessamos o deserto do Saara O Sol estava quente, queimou a nossa cara Allah-la-ô, ô ô ô ô ô ô Mas que calor, ô ô ô ô ô ô...

Viemos do Egito E muitas vezes nós tivemos que rezar Allah, Allah, Allah, meu bom Allah Mande água pro iôiô Allah, meu bom Allah,























MAMÃE EU QUERO, MAMÃE EU QUERO, MAMÃE EU QUERO MAMAR! DÁ A CHUPETA! DÁ A CHUPETA! AI! DÁ CHUPETA DÁ A CHUPETA PRO CLÔ NÃO CHORAR!




Não há como não interpretar com uma certa malícia a "Mamãe Eu Quero" relacionada a imagem de Clodovil, sendo dúbia a chupeta e o mamar. Clodovil com a sua sexualidade óbvia, o seu exotismo homossexual, compõem um perfil carnavalesco, pois na liberdade sexual do carnaval, soltam-se as plumas e purpurina. Vive-se uma descontração sexual maior, onde os variados tons coloridos da sexualidade humana formam um arco-iris, rompendo barreiras sociais nessa festa democrática.




Mamãe Eu Quero Marchinhas de Carnaval

Mamãe eu quero, mamãe eu quero, Mamãe eu quero mamar! Dá a chupeta! Dá a chupeta! Ai! Dá a chupeta Dá a chupeta pro bebê não chorar!

Dorme filhinho do meu coração! Pega a mamadeira e entra no meu cordão. Eu tenho uma irmã que se chama Ana: De piscar o olho já ficou sem a pestana.

Eu olho as pequenas, mas daquele jeito E tenho muita pena não ser criança de peito!... Eu tenho uma irmã que é fenomenal: Ela é da bossa e o marido é um boçal!












Carmen Miranda, a representação maior do carnaval brasileiro, representou um ícone para Clodovil. Sendo ela uma de suas musas, Carmen foi a inspiração para a sua moda, com seu colorido tropical e barriga de fora. Clodovil, algumas vezes, incorporava os trejeitos da pequena notável, tanto no palco quanto no seu dia a dia, sempre a reverenciando. Carmen Miranda foi parte importante no universo de Clodovil, pois Carmen Miranda representava o Brasil.























CLÔ CHACRINHA




Chacrinha representava um eterno carnaval, sua popularíssima figura era a alegria em pessoa. Com as suas fantasias, seu humor de palhaço e suas músicas engraçadas, Chacrinha era um carnaval o ano todo. Seria o Chacrinha o nosso Carlitos, o personagem cômico de Charles Chaplin, porém como o humor tão brasileiro. Seja um ou seja o outro, ambos são referências de fantasias para o carnaval. Clodovil chegou a ser jurado do Chacrinha no início dos anos 70, sendo curta a sua participação, pois os seus trejeitos homossexuais não condiziam com o regime da ditadura militar, a não ser somente no carnaval.




Tema de Abertura do Programa Chacrinha

Abelardo Barbosa Está com tudo e não está prosa Menino levado da breca Chacrinha faz chacrinha Na buzina e discoteca

Ó Terezinha, ó Terezinha é um barato o cassino do Chacrinha Ó Terezinha, ó Terezinha é um barato o cassino do Chacrinha...




















Em seus desfiles, Clodovil excedia-se na fantasia para compor suas criações, como no arranjo de cabeça em plumas da foto acima. Adereço para compor uma produção, para chamar atenção, para fazer sonhar quem assiste a um desfile. Nesse show que é um desfile de modas, elementos são acrescentados aos modelos de forma a interpretar e a identificar, melhor, o sonho de inspiração do costureiro. Muitas vezes a platéia de um desfile se confunde, não sabendo diferenciar o que é o modelo de roupa da fantasia, cabendo ao costureiro delimitar os seus limites. Assim da mesma forma que o Joãozinho Trinta entendia de desfile na passarela do samba, Clodovil entendia de desfile nas passarelas da moda.



Danian.




10 comentários:

Emíliana disse...

Uma viagem no tempo...Bons carnavais!Essas marchinhas eram a alegria das ruas...Chacrinha que saudade!!!Clo,nem se fala!
Lindo post Danian!
Boa semana,e bom carnaval
Bjcas

As Tertulías disse...

Foi a única viagem carnavalesca que fiz este ano... Adorei... Agora chega... :-) Como voce já notou me sinto no Carnaval como peixe fora d'agua! :-) Beijos
Ricardo

Danian Dare disse...

Nem tanto assim, querido. Carnaval é festa, é música, é dança, é encenação, uma movimentação humana. Festa digna de muitas avaliações de comportamento. Haja Freud para explicar. Bom pelo menos do meu você gostou, fico feliz,

Danian.

Alexandre Mauj Imamura Gonzalez disse...

excelente! aliás como todo o seu blog, é muito importante resgatar a memória, a importância de um grande talento que nem o Clodovil. Denner, Zuzu Angel, tantos nomes do haute couture acabaram esquecidos...

bom dia!

Danian Dare disse...

Querido Alexandre,

Obrigado pela sua visita e seja sempre bem vindo, meu bom moço. Resgatar essa história é algo mais além, é também criar. Recriando, revive-se de forma criativa e presente o passado.


Danian.

CELEBRAÇÃO disse...

Que grata surpresa, além de criativo você está seguro quanto as referências dos personagens mencionados e faz com estilo buscando um requinte de qualidade e bom gosto. Parabéns e continue em alta nesta criatividade que insiste em fazer melhor.
Abs

Danian Dare disse...

Grato pela visita e celebremos o bom gosto, o requinte de estilo e o amor aos animais. Que seja essa a celebração de um bom encontro. Abraços mil,


Danian.

MARTHA THORMAN VON MADERS disse...

Ufa.....que lugar fantástico.
Martha

Danian Dare disse...

Obrigado, querida Martha. Seja sempre bem-vinda, a casa é sua.


Danian.

Claudia disse...

Aqui a alegria está presente!
Animado como o Carnaval deve ser!
Também adorei os comentários!
Viva!!!Ôlalala ôôôô...:D
Beijos,
Claudia